Você já ouviu falar que junho é o “mês das cirurgias plásticas”? Sendo essa expressão novidade ou não para seu vocabulário, é interessante entender os motivos e princípios que levam a maioria dos pacientes a escolher os meses de inverno para realizar suas cirurgias.

1. O inchaço durante os meses mais frios, especialmente para cirurgias em que o procedimento é mais incisivo, pode ser menor. As temperaturas baixas contribuem para que o edema ou inchaço seja menor.

2. A recuperação de grande parte das cirurgias plásticas envolve o uso de uma cinta ou outras peças especiais. Além de serem feitas de materiais mais grossos, elas devem ser usadas o tempo todo, inclusive para dormir. Passar por essa recuperação quando o calor é intenso pode contribuir para maior desconforto. O frio permite que o paciente utilize essas peças sem tanto incomodo.

3. As férias de junho, especialmente as escolares, são outro fator que contribui para o aumento da procura das cirurgias em meses mais frios. Um tempo prolongado de descanso ajuda no processo de cicatrização e ajuste do corpo às novas medidas.

4. Exposição ao sol também é um dos motivos. Após a cirurgia, o paciente deve evitar totalmente a exposição solar. Essa exigência é muita mais fácil de ser cumprida quando não estamos no verão.

 

Deixe um comentário (*campo obrigatório)