Problemas de visão como a miopia, astigmatismo e a hipermetropia podem ser resolvidos ou minimizados por meio da cirurgia refrativa.

Os erros refrativos acontecem por causa de problemas no formato da córnea, que altera o caminho feito pela luz externa até a retina, a estrutura do olho responsável por formar as imagens e transmiti-las para o cérebro. A cirurgia busca corrigir a córnea ao remodelá-la. Para isso, são usados aparelhos de laser. O ajuste pode ser feito de forma convencional, baseado em um modelo ou padrão que se aplica à maioria dos pacientes. Entretanto, com o avanços da tecnologia médica, hoje é possível realizar a cirurgia refrativa de maneira personalizada.

A cirurgia refrativa personalizada é feita a partir de um mapeamento individual de cada olho ou vista do paciente. Por isso, é possível corrigir mais de um problema refrativo no mesmo procedimento. No caso da cirurgia convencional, é aplicado um padrão de correção geral. O paciente que passará pelo procedimento personalizado precisa realizar uma série de exames, que mapearão a visão por completo e permitirão que o oftalmologista faça a cirurgia com o máximo de precisão oferecida pela tecnologia atual.

 

 

Deixe um comentário (*campo obrigatório)