A cirurgia plástica evolui constantemente. As novas tecnologias permitem cada vez mais opções de procedimentos e materiais, e os implantes mamários não estão de fora desses avanços. Além de escolher o tamanho da prótese, a paciente também pode optar pelo método de colocação e o material de fabricação.

Quanto ao tamanho da prótese, o fator ideal para a definição é a altura da paciente e seu tipo físico. Mulheres de baixa estatura não são aconselhadas a utilizar próteses muito grandes, pois podem ficar desproporcionais e causar danos à coluna. Além disso, o resultado ideal é aquele mais natural possível, mas que atinja os desejos e objetivos de quem procura a cirurgia.

Além da altura, o médico também irá avaliar o tipo de pele da paciente, idade, e a anatomia do tórax.

Os modelos de implante são basicamente três, e os resultados variam conforme a escolha da paciente: cônica, redonda e em gota ou natural.

Após a determinação do tipo de prótese, é necessário definir como será feito o implante. Por exemplo, o médico pode optar por fazer o corte nas axilas ou abaixo da auréola. Essa escolha é feita em conjunto com a paciente para que ela se sinta confortável com a cicatriz, mesmo que singela, deixada após o procedimento.

Deixe um comentário (*campo obrigatório)