Clarear os dentes pode transformar o seu sorriso. Os métodos para alcançar resultados saudáveis e satisfatórios estão cada vez mais acessíveis. Confira a seguir, cinco informações essenciais antes de fazer um clareamento dos dentes.

1. As opções de tratamento
Há, basicamente, dois métodos de clareamento: caseiro e em consultório. A primeira opção utiliza uma moldeira personalizada de silicone, com o formato de sua boca e dentes. Ela é preenchida com uma substância clareadora e deve ser usada durante três ou quatro semanas todos os dias, em horas estabelecidos, como durante a noite, quando você dorme. Em consultório, o resultado é obtido mais rapidamente, pois a substância clareadora é potencializada com uma fonte de luz, como laser ou LED especiais. Os resultados já são percebidos na primeira sessão.

2. Alimentos proibidos durante o tratamento
Seus dentes ficam mais sensíveis e fáceis de manchar, ou seja, as chances de absorver os pigmentos de outros alimentos aumenta. Suco de uva, vinho tinto, refrigerantes escuros (como de cola), café, beterraba e chás são proibidos.

3. Contra indicações
Pessoas que possuem muita sensibilidade nos dentes não são aconselhadas a realizar os tratamentos, pois podem desenvolver uma inflamação. Menores de 16 anos, gestantes e pessoas que fizeram muitas restaurações, além de pacientes que tenham manchas causadas pelo uso do antibiótico tetraciclina.

4. Pastas e enxagues bucais não substituem o tratamento
Esses produtos contêm substâncias abrasivas que eliminam as manchas superficiais. Para remover as manchas e pigmentos nas camadas mais profundas dos dentes é necessário peróxido, presente apenas em produtos profissionais.

5. Duração do resultado
Qualquer que seja o método da sua escolha, caseiro ou em consultório, os resultados duram em média dois anos. Para que o clareamento dure o máximo possível e você mantenha a saúde bucal, é necessário fazer a higiene adequada da boca, evitar alimentos que escurem os dentes (além dos citados a cima, açaí, chocolate, molhos) e o cigarro.

 

Deixe um comentário (*campo obrigatório)